Inscreva-se na nossa NEWSLETTER

Siga-nos

Artigos

Confira aqui conteúdos exclusivos produzidos pelos nossos parceiros

Como o executivo pode ter no Coaching um conjunto de ferramentas para lidar com os desafios e incertezas de um mundo cada vez mais globalizado?

04.dez.2017

Não é segredo nenhum que o executivo brasileiro é um dos mais bem preparados do mundo, quando o referencial é mudança e incerteza.

Vivemos num pais cuja democracia é recente e que em razão disso as instituições se consolidam a cada dia. Estamos passando por um processo de mudança social em nosso país que certamente trará uma sociedade mais consciente e participativa. Afinal somos uma nação jovem, de pouco mais de 500 anos e temos muito que aprender com as sociedades milenares!

Paralelamente a esse processo de consolidação social, temos um avanço tecnológico nunca antes visto, onde temas como “Inteligência Artificial” e “Internet da Coisas” estão “na crista da onda”, revolucionando as empresas, o mercado consumidor e o mercado de trabalho.

Estudos mostram que em razão de todo esse avanço, o mercado de trabalho perderá a capacidade de gerar empregos menos complexos, que envolvam o trabalho braçal, trabalho repetitivo. Atividades como telemarketing e recepção já concorrem com máquinas Inteligentes, capazes de responder a perguntas de pouca complexidade e realizar o atendimento ao cliente. Também temos no pais o recente fenômeno do autoatendimento em diversos estabelecimentos comerciais, substituindo o antigo operador de caixa. Podemos ainda relacionar o avanço das redes sociais, a universalização da telefonia móvel, o e-commerce, o marketing digital, entre tantas outras inovações que ficaria o artigo inteiro relatando tais inovações. Já deu para perceber o cenário empresarial complexo que os gestores mundiais estão tendo que lidar!

Ressalte-se que isso já é realidade, já está implantado e em funcionamento. O gestor precisa olhar para o agora, mas também para o futuro, isso tudo além de ter que garantir os resultados organizacionais expressivos, fazer gestão da sua equipe, estar atualizado, participar de eventos de desenvolvimento e de network. Como dar conta de tanta coisa? Estamos falando de Executivos ou de “Super-Heróis”?

Como sabemos o executivo é o topo da estrutura organizacional. Para chegar lá, segundo Robert Katz, escritor e pesquisador americano, que na década de 50 estudou as particularidades da área executiva, o Executivo precisou desenvolver 3 habilidades cruciais – a habilidade técnica, a habilidade conceitual e a habilidade humana. Com o decorrer da carreira o executivo vai deixando em segundo plano a capacidade técnica e se dedica mais as habilidades conceituais e habilidades humanas.

As habilidades conceituais auxiliam a definir a estratégias, dá amparo para suas decisões, ajuda a visualizar o mercado, o futuro, as tendências. Já as habilidades humanas o auxiliam a tornar-se um líder, a desenvolver as equipes, as melhorar seus relacionamentos.

O coaching executivo pode auxiliar nesse processo de desenvolvimento das capacidades do executivo, por ser uma interessante ferramenta de crescimento pessoal e profissional. Pode auxiliá-lo, não a tornar-se um “Super-Herói”, infalível, indestrutível, que tenha poderes “Galacticos”. Longe disso. O coaching executivo o ajudará a compreender seus pontos fortes e fracos, analisar possível perdas e ganhos do seu negócio e decisões, definir o planejamento de metas e resultados. Ajudará com ferramentas e perguntas poderosas, a te motivar a desenvolver sua equipe, aprimorar a capacidade de delegar tarefas. Elevará sua autoconsciência sobre vantagens de apoiar o crescimento de seus colaboradores, impactando diretamente da carreira de cada um.

O executive coach também mostrará por meio de dados cientificamente aprovados que muitas vezes o executivo precisa equilibrar sua vida pessoal e profissional sob pena de elevar o estresse e a insatisfação no ambiente organizacional. Questionará a sua visão de futuro, consolidando sua missão de vida. Indagará seus valores, se estão alinhados com os valores da empresa a qual trabalha. Auxiliará a superar as crises e incertezas, propondo ferramentas que tornem mais claros os cenários, as possibilidades.

Portanto, o coaching executivo tem como proposta acompanhar o executivo em sua trajetória, auxiliar no desenvolvimento da equipe, na alavancagem de sua carreira e seus negócios, na elevação da proposta de valor de sua marca, na ampliação da sua empregabilidade.

Não queremos substituir o consultor, o mentor, o analista de mercado. Queremos constituir uma equipe, cada qual com sua “expertise”, para atingir o objetivo central que é elevar a performance do executivo, o crescimento desse profissional tão importante para nossa sociedade, pois é por intermédio de sua capacidade executora que as mudanças acontecem!

Conheça melhor o trabalho do Executive Coach! Pesquise renomadas instituições formadoras! Leia a respeito do tema. A melhor estratégia é a informação!

Espero que esse bate-papo tenha estimulado você a conhecer mais sobre o coaching e possa contar com o apoio profissional de um Executive Coach nas suas próximas reuniões!

"O conteúdo deste artigo é de responsabilidade do autor"

Arnaldo Santos
2 anos de experiência

Executive Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching, Empreendedor Digital, Psicólogo, Administrador de Empresas, Professor Universitário nas disciplinas de Empreendedorismo, Liderança e Gestão de Equipes, Gestão Estratégica de Carreiras, Palestrante dos temas Mercado de Trabalho e Empregabilidade, 20 anos de atuação em Recursos Humanos com expressiva atuação em empresas como SENAC São Paulo, Edições Aduaneiras, Editora Moderna (grupo Santilliana).

Mais artigos relacionados